Segurança na Nuvem

Como garantir a segurança do seu negócio na nuvem?

Um dos principais aspectos que torna a cloud publica segura é a descentralização dos dados em diversos datacenters espalhados pelo globo. A perda dos dados torna-se mais difícil, pois se houver falha em um dos datacenters, os demais estarão ativos, processando e armazenando os dados em regiões geográficas diferentes.

Como garantir a segurança do seu negócio na nuvem?

Um dos principais aspectos que torna a cloud publica segura é a descentralização dos dados em diversos datacenters espalhados pelo globo. A perda dos dados torna-se mais difícil, pois se houver falha em um dos datacenters, os demais estarão ativos, processando e armazenando os dados em regiões geográficas diferentes.

Agora, quando se trata da prevenção de ataques cibernéticos, a cloud computing fornece uma gama incontável de serviços. O princípio é similar a de uma TI tradicional, porém, fornecendo muito mais funcionalidades, ferramentas e formas de monitorar proativamente, além de possuir menor custo e mais eficiência.

Alguns dos elementos de segurança que devem ser considerados na escolha da nuvem para seu negócio são: criptografia, firewall, controle no acesso, ferramentas de alertas e anomalia, prevenção de ataques e acessos; entre outros que ajudam a armazenar e a gerenciar as informações com tranquilidade.

Basta mapear as necessidades da sua empresa e escolher um serviço de cloud que possua ferramentas que atendam às demandas de armazenamento, processamento e segurança de dados da sua empresa.

Ressalta-se que a nuvem é flexível e dá a autonomia e liberdade para escolher o nível de segurança necessário para seu negócio. No modelo IaaS, por exemplo, a responsabilidade de segurança é, em sua maioria, do cliente. Já no modelo PaaS, a provedora garante infraestrutura e toda sua estrutura, mas é o cliente que determina os processos e serviços de segurança a partir de suas necessidades. Por fim, no modelo SaaS, a maioria das responsabilidades de infra e segurança é do provedor, cabendo ao cliente apenas estabelecer as normas da empresa para que a provedora adeque seus serviços.

Como a cloud computing pode melhorar a segurança de dados na sua empresa?

Segurança durante a migração de dados

Após decidir a nuvem que a sua empresa irá utilizar, o passo seguinte é planejar como ficará o design de sua segurança e assim implantá-la sem grandes alterações na rotina. Hoje já existem especialistas em segurança na nuvem que recomendam, planejam e executam de maneira mais prática e segura a migração dos dados para a nuvem.

É importante estabelecer critérios e classificações, categorizando as informações em grau de importância e sigilo, sinalizando as que merecem atenção redobrada no processo. Cabe também à equipe responsável testar as aplicações e funcionalidades com as quais a organização atua para identificar a sua compatibilidade com o serviço de nuvem.

É necessário ainda contar com um parceiro de serviço de nuvem que se preocupe com todo o design e a continuidade da segurança.

A lembrar: esse serviço de cloud precisa estar alinhado à LGPD (lei geral de proteção de dados) possibilitando que a sua empresa atue na gestão de dados e serviços em governança.

4 maneiras de superar os riscos de segurança cibernética por meio da terceirização

Alguns passos para garantir a segurança na nuvem

Governança e conformidade ativas

Realizar um planejamento detalhado que estabeleça processos de gestão, monitoramento, compliance e alertas. Essa estrutura dará espaço para que a nuvem seja utilizada em conformidade com as boas práticas de segurança estabelecidas pelas corporações.

Aplicar políticas de privacidade

Essa medida visa garantir proteção aos dados pessoais coletados e internos. Cabe à corporação, mais uma vez, definir em seu planejamento quais tipos de dados deverão ter essa atenção para contratar serviços da nuvem que possam implantar tais soluções.

Analisar os termos de segurança do serviço de cloud

Os prestadores de serviços devem conhecer bem quais são as atribuições do serviço de nuvem e assessorar os clientes, identificando de forma clara os limites de atuação entre cliente, provedor de serviços e o provedor cloud deixando claras as responsabilidades de cada um.

Gerenciamento de segurança na cloud

Como dissemos no item anterior, a garantia da segurança dos dados é uma atividade de certo modo partilhada entre cliente, prestador de serviços em cloud e provedor da cloud. Assim, é importante que os prestadores de serviços possuam especialistas em segurança na nuvem

Verificar a disponibilidade e estrutura de segurança da infraestrutura

Entenda se a infraestrutura do provedor de cloud é totalmente segura, não sendo alvo fácil de ataques cibernéticos e sendo compliance com as melhores práticas de segurança. Confirme como os dados são distribuídos, garantindo a disponibilidade dos serviços.

Ataques DDoS: saiba como são feitos e previna-se

Realizar auditoria dos processos

A auditoria nos processos de segurança também é uma peça importante para checar se os processos estabelecidos estão sendo cumpridos de acordo com a política da empresa. Alguns serviços de nuvem já oferecem essa autofiscalização e trabalham frequentemente com auditorias realizadas por empresas de renome.

Como vimos, a nuvem possui poderosos e confiáveis mecanismos de segurança quando são seguidos e alinhados os processos entre o cliente, os prestadores de serviços em cloud e o provedor de Cloud. Por isso, sempre leve em conta as necessidades da organização e analise bem as opções disponíveis.

Com essas medidas, torna-se possível focar em outros pontos da gestão do negócio, sem gastar tanto tempo, equipe e recursos para garantir a segurança da informação.

Os 5 pilares da segurança da informação e como gerenciá-los

A importância da segurança de rede

O propósito de implementar a segurança da rede empresarial é combinar diferentes camadas de defesa para proteger conexões e dados, a fim de preservar sua integridade e usabilidade. Essa prática pode ser aplicada a partir de tecnologias de hardware e software, e tem como finalidade gerenciar o acesso às informações para impedir que as ameaças se instalem.

Várias ações podem ser adotadas nesse sentido. Entre elas, podemos citar:

  • monitoramento de acesso;
  • segurança em nível do aplicativo;
  • uso de antivírus e antimalwares;
  • análise comportamental para detectar invasões assim que ocorrerem;
  • soluções de prevenção de perda de dados;
  • segmentação da rede;
  • segurança de e-mail.

Adotar medidas de segurança para a rede é imprescindível para impedir o acesso de hackers, infecções por malwares e ameaças de erros. Assim, você evita o ataque de um ransomware, por exemplo, que sequestra os dados e causa danos para a organização que podem ser irreparáveis.

Para ter uma ideia da importância dessa atitude, um estudo da IDC, publicado pelo IT Forum 365, indica que o aumento no orçamento referente à segurança cibernética cresceu entre 10% e 12% nas empresas brasileiras em 2017. Na América Latina, a quantia total empregada no setor chegou a 2,7 bilhões de dólares — e a expectativa é que ainda haja um aumento anual de 11,5% até 2021.

Realizada pela consultoria Gartner e divulgada no site SegInfo, outra pesquisa assinala que a expectativa de investimentos até o final de 2018 é de 93 bilhões de dólares, uma alta de 12% em relação ao ano imediatamente anterior.

A importância da segurança de rede empresarial

Backup periódico

A realização de cópias de segurança é uma das estratégias mais eficientes de TI. Os backups são ideais para diminuir o risco de apagar arquivos acidentalmente e de haver roubo de dados em diferentes tipos de ataques, inclusive o ransomware.

O recomendado é contar com um plano de backup específico, que responda aos três questionamentos abaixo.

  • Quais dados o negócio coleta?
  • Qual é a frequência de mudança das informações?
  • Quão seguro é o sistema utilizado para o armazenamento?

Com essas respostas, você pode elaborar uma estratégia acertada, que vise à automação, ao planejamento e ao isolamento. O sugerido é contar com a computação em nuvem, tecnologia que isola o sistema de backup dos outros arquivos presentes nas máquinas e aumenta o nível de segurança dos dados.

Além disso, você pode estabelecer backups diários para informações mais relevantes, como dados de clientes, financeiros ou de produtos e serviços. As demais informações podem ter sua cópia realizada semanalmente.

Segurança de Backup: protegendo seu negócio

Segurança da informação na nuvem

cloud computing aumentou a oferta de serviços para empresas e usuários, mas traz a necessidade de um cuidado maior com a segurança. Afinal, os fabricantes de equipamentos e desenvolvedores de aplicativos nem sempre têm o conhecimento necessário para evitar vulnerabilidades e impedir ataques.

Para não ter prejuízo, é preciso estar atento às tendências do setor e criar políticas de acesso. Com o BYOD, por exemplo, é necessário controlar o uso dos dispositivos pessoais, inserir senhas e criar medidas para impedir o acesso de pessoas não autorizadas a informações sigilosas.

Perceba que, na computação em nuvem, os serviços baseados nessa tecnologia ou em SaaS tornam o gerenciamento da segurança do endpoint um serviço. Por isso, é fundamental ter um cuidado maior ao escolher o fornecedor.

Gestão e controle do uso da internet

O mundo online é uma porta de entrada significativa para incidentes e falhas de segurança. As ferramentas de controle de navegação ajudam a gerenciar o acesso e detectar os riscos que porventura acontecerem. Vale a pena ainda criar políticas de uso da internet e de senhas seguras, que complementam as tecnologias atuais e aprimoram o acesso, tornando-o mais protegido.

Como você pôde perceber, a segurança de rede é um assunto complexo e que envolve vários fatores, exigindo atenção às demandas atuais para evitar vulnerabilidades. Conseguir colocar essa proteção em prática depende de esforços da gestão e da equipe. Assim, todos trabalham em prol do mesmo objetivo — e essa medida traz resultados muito mais significativos.

Como a cloud computing pode melhorar a segurança de dados na sua empresa?

Os 5 pilares da segurança da informação e como gerenciá-los

Então, o que achou do artigo? Você pode conferir outras dicas relevantes assinando nosso newsletter, sabia? Assim, receberá os conteúdos diretamente no seu e-mail. Aproveite!

MTR-IT Systems trabalha com as mais recentes tecnologias e que agregam eficiência e custos competitivos com soluções em PABX VirtualVideoconferênciaTelefonia Voip, Link Dedicado, Cloud ComputingInfraestrutura de TI.

Nossos especialistas estão preparados para te atender!

 

Compartilhar